Arquivo mensal: Junho 2021

Designação de status de proteção temporária nos Estados Unidos para venezuelanos residentes nos Estados Unidos em 8 de março de 2021 – PENSAMENTOS LEGAIS

Coleman Jackson, P.C. | Transcrição do Podcast de Pensamentos Legais
Publicado em 30 de abril de 2021

Designação de status de proteção temporária nos Estados Unidos para venezuelanos residentes nos Estados Unidos em 8 de março de 2021

Pensamentos Legais é uma apresentação em podcast da Coleman Jackson, P.C., um escritório de advocacia com sede em Dallas, Texas, que atende indivíduos, empresas e agências de todo o mundo em tributação, litígio e questões legais de imigração.

Este episódio específico de Pensamentos Legais é um podcast em que o advogado, Coleman Jackson está sendo entrevistado por Mayra Torrez, a associada de relações públicas da Coleman Jackson, P.C. O tema da discussão é “Questões de imigração que você deve saber: Designação de status de proteção temporária nos Estados Unidos para venezuelanos residentes nos Estados Unidos em 8 de março de 2021.” Você pode ouvir este podcast clicando aqui:

Você também pode ouvir este episódio e assinar Coleman Jackson, podcast PC’s Pensamentos Legais no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify, Cashbox ou onde quer que você possa ouvir seu podcast.

TRANSCRIPT:

Assistente Legal: Leiliane Godeiro
Pensamentos Legais
COLEMAN JACKSON, ADVOGADO E CONSELHEIRO JURÍDICO

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Bem-vindo ao Pensamentos sobre Imigração

  • Meu nome é Leiliane Godeiro e sou a assistente jurídica de litígio da Coleman Jackson, PC, um escritório de advocacia tributário, contencioso e de imigração com sede em Dallas, Texas, Estados Unidos da América. Eu cresci no Brasil e sou fluente em português. Estarei traduzindo do inglês para o português uma entrevista recente do advogado conduzida por Mayra Torres, a associada de relações públicas do escritório.
  • Outros membros do Coleman Jackson, PC são o advogado Coleman Jackson, Yulissa Molina, assistente legal tributária, Reyna Munoz, assistente legal de imigração, e Mayra Torres, associada de relações públicas.
  • Nosso tópico de hoje é: “Questões de imigração que você deve saber: Designação de status de proteção temporária nos Estados Unidos para venezuelanos residentes nos Estados Unidos em 8 de março de 2021.”

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Olá, advogado, obrigado por se juntar a mim hoje e por dedicar seu tempo para responder a algumas perguntas que tenho em relação ao recente anúncio do USCIS sobre a designação do Status de Proteção Temporária na Venezuela.
  • Questão nº 1
  • Advogado, pode me dizer do que se trata?

O advogado responde à pergunta 1:

  • Sim, o que você ouviu está correto! Em 8 de março de 2021, o secretário Mayorkas designou o Status de proteção temporária ou TPS para a Venezuela. O que isso faz é permitir que os cidadãos venezuelanos que atualmente residem nos Estados Unidos apresentem um pedido inicial de TPS.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Questão 2:
  • Ótima notícia, advogado, tenho certeza que vai ajudar muitos venezuelanos. Quanto tempo os venezuelanos conseguem para ter este novo status de proteção temporária?

O advogado responde à pergunta 2:

  • A designação TPS para os venezuelanos é atualmente por um período de 18 meses. Ou seja, termina atualmente em setembro de 2022.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Questão 3:
  • Por que essa designação TPS para venezuelanos foi feita nesta época?

O advogado responde à pergunta 3:

  • O TPS foi designado para a Venezuela devido às condições extraordinárias e temporárias que impedem os cidadãos venezuelanos de retornar com segurança ao seu país de origem. As condições extremas e adversas que atualmente enfrentam a Venezuela são:
  • Fome e desnutrição e falta de elementos básicos de segurança e proteção e dignidade humana
  • Uma crescente influência e presença de grupos armados não estatais
  • Repressão e recriminação por atores estatais, seus facilitadores e outras pessoas más
  • Uma infraestruturavenezuelanaemruínas

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Essa é uma informação muito interessante, advogado. Parece que o TPS para os venezuelanos é uma resposta humanitária aos tempos perigosos para nossos vizinhos na Venezuela.
  • Questão nº 4:
  • Quem é elegível para solicitar Status de Proteção Temporária sob a nova designação do TPS venezuelano?

O advogado responde à pergunta 4:

  • Essa é uma pergunta muito cuidadosa e perspicaz, Reyna, aqueles indivíduos que são cidadãos da Venezuela que podem comprovar residência contínua nos Estados Unidos em 8 de março de 2021 são elegíveis para se candidatarem ao Status de Proteção Temporária sob esta designação TPS. Isso significa que eles deveriam estar fisicamente residindo nos Estados Unidos em 8 de março de 2021.
  • Esses candidatos ao TPS também terão que passar por verificações de segurança e de antecedentes para determinar sua elegibilidade ao TPS.
  • É extremamente importante que os venezuelanos que residem fora dos Estados Unidos não caiam em fraudes e outras informações incorretas de contrabandistas ou outros que alegam que a fronteira agora está aberta. Eles deveriam estar residindo nos Estados Unidos em 8 de março de 2021. As pessoas não deveriam arriscar suas vidas ou suas famílias e saúde com informações falsas de que eles podem vir da Venezuela agora e reivindicar o STP. Esta designação TPS é limitada a cidadãos venezuelanos e não se aplica a cidadãos de outros países sul-americanos.
  • Além disso, devido à pandemia de coronavírus, as restrições de viagem e admissão permanecem em pleno vigor e efeito na fronteira dos Estados Unidos.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Obrigado por explicar isso de maneira tão abrangente, advogado. É muito importante que as pessoas entendam que:
    • eles devem ser um nacional venezuelano para ser elegível para o TPS sob a designação do TPS venezuelano; e
    • eles deveriam estar residindo nos Estados Unidos em 8 de março de 2021;
    • Questão nº 5:
    • Quando e como os indivíduos elegíveis podem se inscrever para o TPS?

O advogado responde à pergunta 5:

  • Aqueles que desejarem entrar com um pedido de TPS terão que fazer um pedido dentro do período de registro de 180 dias, ou seja, de 9 de março de 2021 a 5 de setembro de 2021. Lembre-se de que eles devem ser capazes de comprovar residência contínua nos Estados Unidos desde 8 de março de 2021 e presença física contínua nos Estados Unidos desde 9 de março de 2021.
  • O Formulário I-821 de Solicitação de Status de Proteção Temporária deverá ser protocolado no USCIS e, se o indivíduo desejar solicitar autorização de trabalho, deverá apresentar o Formulário I 765. Além disso, se houver fundamento de inadmissibilidade, o Formulário I 601, O Pedido de Renúncia de Motivos de Inadmissibilidade também deverá ser apresentado com o pacote TPS.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Obrigado por essa informação, advogado.
  • Questão nº 6:
  • Que tipo de evidência precisará ser submetida ao USCIS para apoiar o pedido de TPS?

O advogado responde à pergunta 6:

O indivíduo pode esperar apresentar evidências, como identidade e evidências para demonstrar que é nacional do país designado, como:

  • Uma cópia do passaporte
  • Uma cópia da certidão de nascimento
  • Qualquer identidade nacional que inclua uma fotografia e / ou impressão digital emitida por seu país

O imigrante também pode esperar apresentar provas de entrada, como:

  • Uma cópia do passaporte; e
  • Registro de chegada / partida I-94

Finalmente, evidências de residência contínua também terão que ser apresentadas. Isso pode ser evidenciado por documentos e informações como o seguinte:

  • Registros de emprego
  • Recibos de aluguel, contas de serviços públicos, recibos ou cartas de empresas
  • Registrosescolares
  • Registroshospitalares
  • Atestados de funcionários de igrejas, sindicatos ou outras organizações

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Tenho certeza de que muitas pessoas que estão esperando se candidatar ao TPS acharão esta informação muito útil, advogado.
  • Questão nº 7:
  • Há uma taxa para se inscrever no TPS?

O advogado responde à pergunta 7:

  • A partir de 10 de março de 2021, se o imigrante estiver se inscrevendo para o TPS venezuelano e tiver entre 14 e 65 anos de idade e solicitar um cartão de autorização de trabalho, a taxa de registro para o I-821 é de US $ 50, a taxa biométrica é de $ 85, e a taxa I-765 é de $ 410, elevando a taxa total de registro do USCIS para $ 545. Essas taxas podem ser alteradas pelo governo sem aviso prévio.
  • Sob certos fatos e circunstâncias, o requerente do TPS pode apresentar o Formulário I-912, Pedido de Isenção de Taxas nesses casos do TPS.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Obrigada por esta explicação detalhada da nova designação TPS para cidadãos venezuelanos, advogado. Esperançosamente, muitos de nossos ouvintes do Podcast de Pensamentos Legais ou seus amigos da Venezuela acharão esta atualização sobre a nova designação TPS para venezuelanos muito útil.
  • Nossos ouvintes que desejam ouvir mais podcast como este devem se inscrever em nosso Pensamentos Legais Podcast no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify ou onde quer que eles escutem seu podcast. Todo mundo se cuida! Siga-nos para obter mais informações sobre tributação, litígio e imigração em Pensamentos Legais Coleman Jackson, PC, que está localizado bem aqui em Dallas, Texas, na 6060 North Central Expressway, Suite 620, Dallas, Texas 75206.
  • Linha em inglês: 214-599-0431,Espanhol: 214-599-0432,Português: 214-272-3100.

ESTE É O FIM DOS “PENSAMENTOS LEGAIS” POR AGORA

  • Obrigada por nos dar a oportunidade de informá-lo sobre “Questões de imigração que você deve saber: Designação de status de proteção temporária nos Estados Unidos para venezuelanos residentes nos Estados Unidos em 8 de março de 2021”.Se você quiser ver ou ouvir mais sobre impostos, litígios e imigração em PENSAMENTOS LEGAIS Coleman Jackson, P.C. Fique ligado! Estamos aqui em Dallas, Texas e queremos informar, educar e encorajar nossas comunidades sobre tópicos que tratam de impostos, litígios e imigração. Até a próximavez e fiquembem.

Visão geral do Ato Real ID de 2005 e como ele afeta todos os Americanos, incluindo imigrantes sem documentos e outros imigrantes que residem nos Estados Unidos – PENSAMENTOS LEGAIS

Coleman Jackson, P.C. | Transcrição do Podcast de Pensamentos Legais
Publicado em 14 de maiode 2021

Visão geral do Ato Real ID de 2005 e como ele afeta todos os Americanos, incluindo imigrantes sem documentos e outros imigrantes que residem nos Estados Unidos

Pensamentos Legais é uma apresentação em podcast da Coleman Jackson, P.C., um escritório de advocacia com sede em Dallas, Texas, que atende indivíduos, empresas e agências de todo o mundo em tributação, litígio e questões legais de imigração.

Este episódio específico de Pensamentos Legais é um podcast em que o advogado, Coleman Jackson está sendo entrevistado por Mayra Torres, a associada de relações públicas da Coleman Jackson, P.C. O tema da discussão é “Assuntos de Imigração que você deve saber: Visão geral do Ato Real ID de 2005 e como ele afeta todos os Americanos, incluindo imigrantes sem documentos e outros imigrantes que residem nos Estados Unidos.” Você pode ouvir este podcast clicando aqui:

Você também pode ouvir este episódio e assinar Coleman Jackson, podcast PC’s Pensamentos Legais no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify, Cashbox ou onde quer que você possa ouvir seu podcast.

TRANSCRIPT:

Assistente Legal: Leiliane Godeiro
Pensamentos Legais
COLEMAN JACKSON, ADVOGADO E CONSELHEIRO JURÍDICO

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Bem-vindo ao Pensamentos sobre Imigração

  • Meu nome é Leiliane Godeiro e sou a assistente jurídica de litígio da Coleman Jackson, PC, um escritório de advocacia tributário, contencioso e de imigração com sede em Dallas, Texas, Estados Unidos da América. Eu cresci no Brasil e sou fluente em português. Estarei traduzindo do inglês para o português uma entrevista recente do advogado conduzida por Mayra Torres, a associada de relações públicas do escritório.
  • Outros membros do Coleman Jackson, PC são o advogado Coleman Jackson, Yulissa Molina, assistente legal tributária, Reyna Munoz, assistente legal de imigração, e Mayra Torres, associada de relações públicas.
  • Nosso tópico de hoje é: “Assuntos de Imigração que você deve saber: Visão geral do Ato Real ID de 2005 e como ele afeta todos os Americanos, incluindo imigrantes sem documentos e outros imigrantes que residem nos Estados Unidos.”

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Questão 1:

  • Bom dia advogado. Obrigada por se juntar a mim hoje para falar sobre este tópico incrivelmente importante que nossos ouvintes aprenderão hoje.
  • Questão 1:
  • Advogado, o que é o ato Real ID de 2005 e por que ele é tão importante hoje?

O advogado responde à pergunta 1:

Bom dia, Mayra. O ato do Real ID foi aprovado pelo Congresso em 2005, após os trágicos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Este ato “estabelece segurança mínima para emissão e produção de licença e proíbe agências federais de aceitar documentos como carteiras de habilitação e carteiras de identidade que não atendam aos padrões mínimos da lei”. É por isso que quando você for ao aeroporto, verá uma série de placas indicando que sua carteira de motorista deve ser compatível com Real ID. As carteiras de habilitação com Real ID geralmente têm uma estrela no canto superior direito do documento. Essas identidades são construídas com novas tecnologias e exigem muito mais papelada do requerente para comprovar sua residência e seu número de seguro social. Por que o ato Real ID de 2005 é relevante hoje? A lei é muito importante e certamente relevante hoje porque TODOS OS ESTADOS DENTRO DOS ESTADOS UNIDOS DEVEM cumprir as regras da carteira de identidade real até 1º de outubro de 2021. Aqueles que usam carteiras de motorista e carteiras de identidade emitidas por Estados não conformes podem ser impedidos de voar em aviões, trens e ônibus dentro dos Estados Unidos. Eles também podem ser impedidos de acessar prédios federais e potencialmente impedidos de exercer outros direitos que de outra forma teriam quando uma licença ou carteira de identidade seja exigida. Talvez muitas pessoas não percebam isso; mas os motivos que acabei de listar são apenas alguns dos motivos pelos quais esse ato é relevante em 2021 e vai mais além. Pessoas que têm licenças que não estão em conformidade em 1º de outubro de 2021 podem ser impedidas e possivelmente proibidas de fazer muitas coisas que as pessoas simplesmente consideram certas agora. As pessoas precisam ver sua carteira de motorista para ver se ela é compatível com o Real ID.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Advogado, agora entendo claramente por que o ato Real ID de 2005 é tão importante. Todos precisam ter uma carteira de motorista ou carteira de identidade em conformidade com o Real ID até 1º de outubro de 2021!

Questão 2:

Isso significa que se as pessoas não tiverem um documento compatível com Real ID, elas não poderão mais usar seu documento de identificação?

O advogado responde à pergunta 2:

Não, não necessariamente. As duas palavras para prestar atenção aqui são “não necessariamente”. Quero dizer, quem quer aborrecimento quando simplesmente estão engajados nas atividades da vida cotidiana. Quero dizer; eles podem receber perguntas desnecessárias e atrasos ao fazer coisas como viajar para ver sua família nos Estados Unidos em um feriado agitado. Eles estão presos em algum aeroporto, confirmando sua identidade antes de passarem pela segurança do aeroporto. Eles podem perder o vôo. Esta é apenas uma hipótese de algum inconveniente que poderia ocorrer devido ao uso de carteiras de habilitação incompatíveis após 1º de outubro de 2021. Mas deixe-me ser claro aqui; por enquanto, as pessoas ainda poderão usar seu documento de identidade real incompatível para dirigir e votar. Muitos estados estão examinando as leis eleitorais estaduais agora e, possivelmente, documentos de identificação compatíveis com o Real ID seriam necessários para votar por alguns legislativos estaduais. Isso é algo a se observar enquanto o crepúsculo se instala em relação a essas tentativas de restringir a votação por meio de mudanças ou modificações nas leis eleitorais em todo o país.

Observe que uma carteira de motorista ou carteira de identidade REAL ID não pode ser usada para viagem internacional. Passaportes oficiais legalmente emitidos para a pessoa pelo governo dos EUA ou outro governo apropriado é necessário para viajar internacionalmente para qualquer lugar do mundo. Contudo; começando em 1º de outubro de 2021, quando se trata de viagens domésticas, as pessoas precisarão fornecer outros documentos caso não possuam carteira de motorista ou carteira de identidade com Real ID; tal como:

  • Um passaporte americano válido
  • Cartão de residentepermanente
  • Cartão de passagem de fronteira
  • Foto tribal emitida pelo governo federal
  • Cartão de autorização de emprego USCIS

Mais uma vez, a preocupação básica que as pessoas devem ter ao usar uma carteira de motorista não conforme após 1º de outubro de 2021 é a possibilidade real de problemas e atrasos enquanto funcionários ou comerciantes ou quem quer que conduza algum tipo de inquérito ou investigação tentando determinar sua verdadeira identidade.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Eu ouço você, advogado; quem precisa de complicações; a vida é cheia de estresse e tensão do jeito que está. Quem precisa de interrupções e dramas desnecessários criados com o uso de uma carteira de motorista incompatível. Mas é bom ver que as pessoas ainda terão outras opções para provar sua verdadeira identidade quando se trata de viagens domésticas dentro dos Estados Unidos.

Questão 3:

Então diga-me advogado, quais categorias de imigrantes nos Estados Unidos se qualificam para obter uma carteira de motorista REAL ou um documento de identidade emitido pelo estado?

O advogado responde à pergunta 3:

Reyna, as seguintes categorias de imigrantes nos EUA são elegíveis para solicitar uma carteira de motorista REAL ou carteira de identidade no Departamento de Veículos Motorizados local, (DMV):

  1. Imigrantes que atualmente são residentes permanentes legais ou titulares de Green Card nos Estados Unidos
  2. Imigrantes que têm um pedido pendente de ajuste de status para residente permanente legal
  3. Imigrantes que atualmente possuem o status de residente temporário dos Estados Unidos
  4. Imigrantes com status de residente permanente condicional, como autorização de trabalho válida nos EUA
  5. Imigrantes que têm um pedido de asilo aprovado
  6. Imigrantes que têm um visto de não-imigrante válido e não vencido; como um visto de estudante F-1
  7. Imigrantes com pedido de asilo pendente
  8. Imigrantes que têm uma Solicitação de Status de Proteção Temporária pendente ou TPS aprovado
  9. Imigrantes que têm um status de ação adiada aprovado; como Ação Adiada de Chegada da Infância ou DACA

Observe que as leis e regulamentos estaduais e locais podem ser um fator para determinar quem é elegível para solicitar uma carteira de motorista ou carteira de identidade. Essas regras estaduais podem potencialmente modificar ou mesmo excluir os imigrantes desta elegibilidade para a lista de carteira de identidade real.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Muito obrigada por esta apresentação completa dos imigrantes que são potencialmente elegíveis para o Real ID.

Questão 4:

Então, como o REAL ID impactará os imigrantes indocumentados que vivem em estados que emitem uma identidade estadual, mas não atendem a nenhuma das categorias que você acabou de mencionar?

O advogado responde à pergunta 4:

  • Bem Mayra, o Departamento de Segurança Interna, DHS declarou em vários anúncios que alguns Estados emitem cartões não conformes para pessoas sem documentos. Se for assim; O DHS exige que as carteiras de habilitação e carteiras de identidade não conformes declarem claramente que a carteira de identidade não é aceitável para fins de identidade REAL. Essas carteiras de habilitação incompatíveis têm um design ou cor exclusivos para diferenciá-las das carteiras de habilitação e carteiras de identidade compatíveis com Real ID.
  • O DHS também deixou claro, no entanto, que só porque um indivíduo carrega um cartão de identificação ou carteira de motorista incompatíveis, não significa que ninguém deveria que o titular deste cartão único e notável não seja documentado.
  • Um ponto crítico que as pessoas devem estar cientes é este: a emissão de licenças para indivíduos é uma questão de lei estadual e não federal. Os estados têm o direito de definir seus próprios padrões, regras e regulamentos de elegibilidade para a emissão de carteiras de habilitação e outras licenças dentro de seu estado. Os padrões de elegibilidade e os requisitos de aplicação são diferentes de estado para estado. Por exemplo, na Califórnia, os imigrantes sem documentos são elegíveis para solicitar uma carteira de motorista ou carteira de identidade em conformidade com a REAL ID naquele estado; entretanto, pessoas sem documentos no Texas não são elegíveis para receber uma carteira de motorista compatível com Real ID ou qualquer outro cartão de identificação. Pessoas que residem no Texas devem verificar com o Departamento de Veículos Motorizados do Texas para saber os requisitos para a emissão de licença de identificação dentro do estado.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Ok, advogado, isso foi muito informativo. Você deixou bem claro que a emissão de carteiras de motorista e documentos de identificação é determinada por leis e regulamentos estaduais, e não por leis federais. As regras de licenciamento variam de estado para estado. Os requisitos de elegibilidade são diferentes em cada estado. Depende apenas de onde o imigrante reside nos Estados Unidos para saber se ele pode obter uma carteira de motorista correspondente ao Real ID ou outra identificação. No Texas, verifique com o Departamento de Veículos Motorizados os requisitos e procedimentos de elegibilidade para licenciamento de motorista.

Questão No.5:

Advogado, onde os imigrantes e outras pessoas podem encontrar mais informações sobre REAL ID em seu próprio estado específico, já que muitos de nossos ouvintes não são do Texas?

O advogado responde à pergunta 5:

  • Indivíduos que desejam aprender mais sobre REAL ID em relação ao seu próprio estado, devem visitar: dhs.gov/real-id
  • Este é um site muito amigável, com muitas informações disponíveis para qualquer pessoa com uma conexão à Internet. Além disso, o site tem páginas que explicam essas questões do REAL ID em espanhol, francês, chinês, vietnamita e tagalo.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Obrigada por compartilhar este site, advogado. Potencialmente, muitas pessoas poderiam achar todas essas informações incrivelmente oportunas e úteis, uma vez que os Estados devem cumprir o ato READ ID de 2005 e se tornarem compatíveis até 1º de outubro de 2021. Essas são todas as minhas perguntas agora em relação ao REAL ID de 2005. Obrigado por dedicar seu tempo para discutir este importante tópico.
  • Nossos ouvintes que desejam ouvir mais podcast como este devem se inscrever em nosso Pensamentos legais Podcast no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify ou onde quer que eles ouçam seu podcast. Você pode acompanhar nossos blogs acessando o site de nosso escritório de advocacia emcjacksonlaw.com. Todo mundo se cuide por enquanto! Volte em cerca de duas semanas, para mais um pensamentos legais sobre impostos, litígios de contratos públicos e imigração da Coleman Jackson, PC, que está localizado bem aqui em Dallas, Texas na 6060 North Central Expressway, Suite 620, Dallas, Texas 75206.
  • Chamadores em inglês: 214-599-0431; Chamadores em espanhóis: 214-599-0432 e chamadores em portugueses: 214-272-3100.

ESTE É O FIM DOS “PENSAMENTOS LEGAIS” POR AGORA

  • Obrigada por nos dar a oportunidade de informá-lo sobre “Imigração é importante que você deve saber: Visão geral do ato Real ID de 2005 e como ele afeta todos os americanos, incluindo imigrantes sem documentos e outros imigrantes que residem nos Estados Unidos.”Se você quiser ver ou ouvir mais sobre impostos, litígios e imigração em PENSAMENTOS LEGAIS Coleman Jackson, P.C. Fique ligado! Estamos aqui em Dallas, Texas e queremos informar, educar e encorajar nossas comunidades sobre tópicos que tratam de impostos, litígios e imigração. Até a próximavez e fiquembem.

Questões de imigração que você deve saber:Imigrantes indocumentados e as isenções de presença ilegal I-601 e I-601A – PENSAMENTOS LEGAIS

Coleman Jackson, P.C. | Transcrição do Podcast de Pensamentos Legais
Publicado em 1 de abril de 2021

Imigrantes indocumentados e as isenções de presença ilegal I-601 e I-601A

Pensamentos Legais é uma apresentação em podcast da Coleman Jackson, P.C., um escritório de advocacia com sede em Dallas, Texas, que atende indivíduos, empresas e agências de todo o mundo em tributação, litígio e questões legais de imigração.

Este episódio específico de Pensamentos Legais é um podcast em que o advogado, Coleman Jackson está sendo entrevistado por Mayra Torres, a associada de relações públicas da Coleman Jackson, P.C. O tema da discussão é “Questões de imigração que você deve saber: Imigrantes indocumentados e as isenções de presença ilegal I-601 e I-601A” Você pode ouvir este podcast clicando aqui:

Você também pode ouvir este episódio e assinar Coleman Jackson, podcast PC’s Pensamentos Legais no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify, Cashbox ou onde quer que você possa ouvir seu podcast.

TRANSCRIPT:

Assistente Legal: Leiliane Godeiro
Pensamentos Legais
COLEMAN JACKSON, ADVOGADO E CONSELHEIRO JURÍDICO

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Bem-vindo ao Pensamentos sobre Imigração

  • Meu nome é Leiliane Godeiro e sou a assistente jurídica de litígio da Coleman Jackson, PC, um escritório de advocacia tributário, contencioso e de imigração com sede em Dallas, Texas, Estados Unidos da América. Eu cresci no Brasil e sou fluente em português. Estarei traduzindo do inglês para o português uma entrevista recente do advogado conduzida por Mayra Torres, a associada de relações públicas do escritório.
  • Outros membros do Coleman Jackson, PC são o advogado Coleman Jackson, Yulissa Molina, assistente legal tributária, Reyna Munoz, assistente legal de imigração, e Mayra Torres, associada de relações públicas.
  • Nosso tópico de hoje é: “Questões de imigração que você deve saber: Imigrantes indocumentados e as isenções de presença ilegal I-601 e I-601A”

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Questão 1:

  • Advogado, obrigada por se juntar a mim hoje e por dedicar seu tempo para discutir o Pedido de Renúncia de Motivos de Inadmissibilidade, I 601 e o Pedido de Renúncia de Presença Ilícita Provisória, I 601A.
  • Questão 1:
  • Advogado, pode me dizer qual é a isenção I 601 e I 601A?

O advogado responde à pergunta 1:

  1. Muitos imigrantes no Texas vieram para os EUA sem documentos; portanto, eles precisam de uma renúncia de presença ilegal. muitos pais imigrantes indocumentados desperdiçam seu dinheiro quando seus filhos cidadãos americanos completam 21 anos. Isso acontece porque, embora eles possam obter a aprovação de sua petição I-130, Petição para Parente Estrangeiro, seus filhos cidadãos americanos não se qualificam para o cidadão americano que o fará sofrer privações extremas e incomuns se o imigrante indocumentado não receber uma isenção I-601 por presença ilegal nos EUA. No fundo, é um desperdício de dinheiro apresentar um I-130 quando você não tem um parente qualificado para satisfazer Formulário I-601, Pedido de Renúncia de Motivos de Inadmissibilidadecom base na presença ilícita fundamento de inadmissibilidade. O imigrante sem documentos precisa de um parente qualificado que sofrerá extrema privação se o imigrante sem documentos não tiver permissão para imigrar para os Estados Unidos. O requisito de extrema dificuldade para uma dispensa de presença ilegal só pode ser satisfeito por um parente qualificado, como um pai ou mãe cidadão americano ou cônjuge de cidadão americano. Repito, filhos de cidadãos americanos não satisfazem e não podem satisfazer o requisito relativo de qualificação; portanto, a menos que o imigrante sem documentos tenha um parente qualificado, é uma perda de tempo, esforço e dinheiro para seu filho de 21 anos apresentar um I-130, Petição para um Parente Estrangeiro em seu nome, se a intenção for obter um Verde Cartão através da criança. Um grande tronco ou mais ousado está bloqueando a estrada para o imigrante sem documentos que busca um Green Card através de seu filho de 21 anos. Os pais precisam de um parente qualificado! Se eles tivessem um parente qualificado, os pais provavelmente teriam obtido seus Green Cards anos atrás.
  2. Formulário I-601A, Renúncia Provisória de Presença Ilícitaé um pedido de isenção com base em preocupações humanitárias de imigrantes que deixam os EUA que estão impedidos de retornar por 5 a 10 anos devido ao fato de terem passado mais de 180 dias contínuos ilegalmente nos EUA antes que o processo de isenção provisória I-601A fosse implementado , esses pais e outros imigrantes indocumentados deixariam os EUA sem uma Isenção I-601 e quando chegaram ao Consulado em seu país de origem, souberam que precisavam de uma isenção de presença ilegal para retornar aos Estados Unidos. A isenção era geralmente preparada no país estrangeiro e submetida à aprovação do Consulado dos Estados Unidos. Muitas vezes o Consulado negava a isenção e, portanto, o imigrante ficava preso por 5 a 10 anos em seu país de origem com o marido, ou esposa e filhos permanecendo aqui. A separação da família ocorreu como uma característica inerente ao processo de dispensa de imigração. O Formulário I-601A foi criado para evitar essa dura realidade de separação familiar. O formulário I-601A só pode ser usado para solicitar isenção de presença ilegal. Não pode ser usado para solicitar uma renúncia ou perdão por qualquer outro motivo de inadmissibilidade do imigrante indocumentado. Por exemplo, se houver crimes no histórico de imigrantes ou problemas médicos ou de saúde, problemas de DUI, problemas de violência doméstica ou outros problemas de inadmissibilidade com o imigrante, a vacinação I-601A não pode ser usada para esses motivos de inadmissibilidade.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Obrigado por esta explicação detalhada, advogado. Você está correto, muitas vezes os indocumentados pensam que assim que seu filho completar 21 anos eles poderão imediatamente solicitar um green card, mas é importante que eles entendam que este é um processo e que eles precisam de um parente qualificado que sofrerá privações extremas e incomuns no caso de o imigrante sem documentos deixar os EUA e não tiver permissão para retornar por 5 a 10 anos.
  • Questão 2:
  • Advogado, quais são as diferenças entre o I 601 e o I 601A?

O advogado responde à pergunta 2:

  • A isenção I 601 é usada para solicitar isenção ou perdão para uma série de áreas de inadmissibilidade, como presença ilegal, saúde física ou mental (como DUI, violência doméstica pode ser considerada por alguns oficiais do consulado como indícios de doença mental) ; Considerando que, a renúncia provisória I 601A só pode ser usada para solicitar um perdão por presença ilegal nos EUA. Inadmissibilidade com base na saúde mental, saúde física, crimes ou outros fundamentos de inadmissibilidade não são elegíveis para consideração em um caso de renúncia I 601A.
  • A isenção I 601 é concedida para perdoar numerosos fundamentos ofensivos de inadmissibilidade; ao passo que a renúncia I 601A é uma renúncia provisória de presença ilegal.
  • A isenção I 601 é normalmente apresentada no Escritório do Consulado dos Estados Unidos por imigrantes sem documentos que buscam um green card através de um parente qualificado; ao passo que a renúncia provisória I-601A de presença ilegal é apresentada dentro dos Estados Unidos antes que o imigrante deixe os Estados Unidos. É provisório no sentido de que o Oficial do Consulado tomará a decisão final sobre se o imigrante é admitido para retornar aos Estados Unidos.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Parece que a compreensão do uso e da finalidade dessas duas formas e toda essa área da lei de isenção de imigração são tópicos extremamente importantes para muitos imigrantes que residem no Texas e em todo o sudoeste.
  • Questão 3:
  • Quem pode apresentar um I 601, Requerimento de Renúncia de Motivos de Inadmissibilidade?

O advogado responde à pergunta 3:

Os seguintes tipos de imigrantes podem apresentar o Formulário I 601, Pedido de Renúncia de Inadmissibilidade:

  1. Aqueles que solicitam ajuste de status
  2. Aqueles que se inscrevem para o status de proteção temporária, TPS
  3. Aqueles que estão solicitando um ajuste de status de acordo com a Lei de Ajuste da Nicarágua e Ajuda da América Central
  4. Aqueles que estão solicitando um visto de imigrante ou ajuste de status sob a Lei de Violência Contra as Mulheres (VAWA) E finalmente,
  5. Menores Imigrantes Especiais com I 130, Petição para Parente Estrangeiro aprovado.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Questão 4:

  • Obrigada por essa lista detalhada, advogado. Agora me diga, quem está qualificado para entrar com o processo I 601A, Renúncia de Presença Ilícita Provisória?

O advogado responde à pergunta 4:

  • Os elegíveis para entrar com a Renúncia Provisória I 601A para Presença Ilícita devem atender aos seguintes requisitos:
  • Eles devem estar fisicamente presentes nos Estados Unidos no momento da apresentação;
  • Eles devem ter pelo menos 17 anos de idade ou mais;
  • Eles devem ter um caso pendente no Departamento de Estado dos Estados Unidos porque são: (A) os principais beneficiários de um I-130 aprovado ou são beneficiários de um I 360 aprovado; ou (B) sejam cônjuges ou filhos de um dos principais beneficiários de um visto de imigrante aprovado e tenham pago a taxa de processamento do visto de imigrante; ou (C) foram selecionados pelo Departamento de Estado para participar do programa de Visto de Diversidade; e
  • Eles devem ser capazes de demonstrar que negar a admissão nos Estados Unidos resultaria em extrema dificuldade para o cônjuge de um cidadão americano, residente permanente legal ou pai ou mãe.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

Questão 5:

  • Advogado, em relação ao I 601A, o senhor mencionou “extrema dificuldade”, o que exatamente esse termo significa na lei de imigração dos EUA?

O advogado responde à pergunta 5:

  • O candidato deve demonstrar que ser negado a entrada de volta nos Estados Unidos causará extrema dificuldade para seu parente qualificado. Algumas das áreas da vida de parentes qualificados que podem ser relevantes para apoiar um I-601 ou I-601A, Pedido de Renúncia para superar a presença ilegal de fundamento de inadmissibilidade são:
  1. Educação: Interrupção dos programas acadêmicos atuais ou perda de oportunidade para o ensino superior devido à educação de qualidade inferior no país de origem;
  2. Considerações pessoais: Como separação de parentes próximos nos Estados Unidos
  3. Considerações financeiras: Custo de cuidar de familiares ou perda de emprego
  4. Saúde do parente qualificado: Tratamentos médicos em andamento nos Estados Unidos
  5. Considerações Especiais: medos de perseguição ou diferenças culturais no país de origem

Lembre-se de que o parente cidadão americano deve provar que sofrerá grandes dificuldades financeiras se seu parente imigrante não puder voltar ao país. As dificuldades devem ser mais do que as dificuldades financeiras normais e esperadas derivadas da falta de renda, relações familiares ou apoio doméstico dos imigrantes indocumentados. As dificuldades que podem ser vividas pelo imigrante sem documentos ou seus filhos não são fatores que o juiz normalmente consideraria ao avaliar os casos de isenção. Mesmo quando um parente qualificado atende ao requisito de extrema dificuldade, isso simplesmente significa que o adjudicador do pedido de isenção pode exercer o arbítrio e conceder a isenção. Não é obrigatório que a renúncia seja concedida, mesmo quando as dificuldades extremas são claramente demonstradas.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Advogado, obrigado por resumir o que o termo “extrema dificuldade” significa no contexto de isenção de presença ilegal. Este é um fato tão importante e um obstáculo potencial para todos os imigrantes que devem cumprir o requisito de extrema dificuldade para superar o fundamento de presença ilegal de admissibilidade.
  • Questão 6
  • Advogado, minha pergunta final com relação à isenção de presença ilegal é a seguinte: Há uma taxa de registro para o Formulário 1 601 e o Formulário I 601A?

O advogado responde à pergunta 6:

  • Sim, Mayra, há uma taxa de registro do USCIS para ambos os formulários.
  • Em 11 de março de 2021, a taxa de depósito para o I 601, Pedido de Renúncia de Motivos de Inadmissibilidade é de $ 930 e a taxa de depósito para o I 601 A, Pedido de Renúncia de Presença Ilegal Provisória é de $ 630.
  • As taxas de arquivamento do USCIS estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Advogado, obrigado pelas informações detalhadas sobre os Pedido de Renúncia de Motivos de Inadmissibilidade, I 601 e o Pedido de Renúncia de Presença Ilícita Provisória, I 601A. A presença ilegal nos Estados Unidos é um obstáculo enfrentado por muitas famílias de imigrantes em todo o Texas e no Sudoeste em geral. Essas informações podem impedi-los de gastar seu dinheiro arduamente ganho de forma imprudente. Quer dizer, se eles não tiverem um parente qualificado nos EUA para a isenção de presença ilegal; isso soa como um grande problema. Quer dizer, isso é um grande problema, advogado! Como você disse, é como um grande tronco ou mais ousado atravessando a estrada bloqueando o caminho para um Green Card para pessoas que estão aqui há algum tempo sem documentos.
  • Nossos ouvintes que desejam ouvir mais podcast como este devem se inscrever em nosso Pensamentos legais Podcast no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify ou onde quer que eles ouçam seu podcast. Você pode acompanhar nossos blogs acessando o site de nosso escritório de advocacia emcjacksonlaw.com. Todo mundo se cuide por enquanto! Volte em cerca de duas semanas, para mais um pensamentos legais sobre impostos, litígios de contratos públicos e imigração da Coleman Jackson, PC, que está localizado bem aqui em Dallas, Texas na 6060 North Central Expressway, Suite 620, Dallas, Texas 75206.
  • Chamadores em inglês: 214-599-0431; Ligantes espanhóis: 214-599-0432 e chamadores portugueses: 214-272-3100.

Assistente Legal: Leiliane Godeiro

  • Advogado, obrigada por esta apresentação abrangente e informativa sobre a seleção de um preparador de declaração de imposto de renda.
  • Nossos ouvintes que desejam ouvir mais podcast como este devem se inscrever em nosso Pensamentos Legais Podcast no Apple Podcast, Google Podcast, Spotify ou onde quer que eles escutem seu podcast. Todo mundo se cuida! Siga-nos para obter mais informações sobre tributação, litígio e imigração em Pensamentos Legais Coleman Jackson, PC, que está localizado bem aqui em Dallas, Texas, na 6060 North Central Expressway, Suite 620, Dallas, Texas 75206.
  • Linha em inglês: 214-599-0431,Espanhol: 214-599-0432,Português: 214-272-3100.

ESTE É O FIM DOS “PENSAMENTOS LEGAIS” POR AGORA

  • Obrigado por nos dar a oportunidade de informá-lo sobre Questões de imigração que você deve saber: Imigrantes indocumentados e as isenções de presença ilegal I-601 e I-601A
  • Os imigrantes que residem nos Estados Unidos há mais de 180 dias continuamente sem status legal têm um grande problema de acordo com a lei de imigração atual. Eles precisam de uma renúncia ou perdão por presença ilegal quando deixarem os Estados Unidos, a fim de reentrar legalmente nos Estados Unidos. Isso, em poucas palavras, é o que as renúncias I-601 e I-601A foram projetadas para realizar no que diz respeito à presença ilegal. Este é o estado atual da lei de imigração nos Estados Unidos no que se refere a imigrantes indocumentados e isenção de presença atual ilegal.
  • Se você quiser ver ou ouvir mais sobre impostos, litígios e imigração em PENSAMENTOS LEGAIS Coleman Jackson, P.C. Fique ligado! Estamos aqui em Dallas, Texas e queremos informar, educar e encorajar nossas comunidades sobre tópicos que tratam de impostos, litígios e imigração. Até a próxima vez e fiquem bem.

Visão geral do TN de visto de não imigrante | Qual é a diferença entre o visto TN para canadenses e o visto TN para mexicanos?

Por: Coleman Jackson, Advogado e Contador Público Certificado
2 de junho de 2021

Um TN Visa, também conhecido como visto profissional de não imigrante NAFTA, é projetado para trabalhadores profissionais do Canadá e do México. Esse visto foi criado pelo Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA) para relações econômicas e comerciais especiais entre os Estados Unidos, Canadá e México. O visto TN é um visto temporário, o que significa que a pessoa que o solicita não tem intenção de residir permanentemente nos Estados Unidos e deve notificar os oficiais de imigração dos EUA de que seu trabalho terá uma data de rescisão e que partirão dos Estados Unidos quando seu trabalho está feito. Deve-se enfatizar que uma pessoa com um visto TN pode solicitar renovações ilimitadas que são concedidas em períodos de três anos.

Em 1º de julho de 2020, o Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USCMCA) entrou em vigor, substituindo o Acordo de Livre Comércio da América do Norte, no entanto, essa mudança não alterou as disposições do TN-Visa no antigo NAFTA. 

 

Quem está qualificado para solicitar o TN Visa?

Aqueles que são elegíveis para solicitar um visto TN devem ser cidadãos do México ou Canadá que desejam solicitar entrada temporária nos Estados Unidos para se envolver em atividades comerciais a nível profissional. Exercer uma atividade empresarial a nível profissional significa que a pessoa deve ter, no mínimo, um diploma de bacharel ou credenciais adequadas que comprovem o status do destinatário do visto TN como profissional. O imigrante com visto TN pretendido deve estar envolvido em um comércio ou negócio de comércio de bens, serviços ou atividades de investimento realizadas dentro dos Estados Unidos. As seguintes categorias de profissões licenciadas que são cidadãos do Canadá e do México são elegíveis para solicitar o TN Visa:

  • Contador
  • Arquiteto
  • Analista de Sistemas Informáticos
  • Ajustador de sinistros de seguro de socorro a desastres
  • Economista
  • Engenheiro
  • Silvícola
  • Designer gráfico
  • Gerente do hotel
  • Designer industrial
  • Designer de interiores
  • Agrimensor
  • Arquiteto paisagista
  • Advogado
  • Bibliotecário
  • Consultor de gerenciamento
  • Matemático
  • Conservacionistas de alcance Assistente de pesquisa
  • Técnico Científico / Tecnólogo
  • Assistente social
  • Silvicultor
  • Escritor de Publicações Técnicas
  • Planejador urbano
  • Conselheiro vocacional
  • Profissionais Médicos / Aliados
  • Dentista
  • Nutricionista
  • Tecnólogo de Laboratório Médico / Tecnólogo Médico
  • Nutricionista
  • Terapeuta ocupacional
  • Farmacêutico
  • Médico
  • Fisioterapeuta
  • Psicólogo
  • Terapeuta Recreacional
  • Enfermeira registrada
  • Veterinário
  • Agricultor
  • Criador de animais
  • Cientista Animal
  • Apicultor
  • Astrônomo
  • Bioquímico
  • Biólogo
  • Químico
  • Cientista Leiteiro
  • Entomologista
  • Epidemiologista
  • Geneticista
  • Geoquímico
  • Geólogo
  • Geofísico
  • Horticulturalista
  • Meteorologista
  • Farmacologista
  • Físico
  • Criador de plantas
  • Cientista avícola
  • Cientista do Solo
  • Zoólogo
  • Professor universitário, seminário ou universitário

 

Visto TN para cidadãos canadenses

Os cidadãos canadenses que solicitarem um visto TN que cumpram uma das profissões listadas acima e estejam viajando para os Estados Unidos para fins de negócios temporários devem preencher o pedido de admissão com um oficial dos EUA em um porto de entrada dos Estados Unidos, como um aeroporto, onde eles devem provar sua cidadania canadense, fornecendo um passaporte válido. Durante esta etapa, o solicitante também deve provar o suficiente para convencer satisfatoriamente o oficial de fronteira dos Estados Unidos de que o solicitante do visto TN está buscando entrada para se envolver em negócios em nível profissional. A pessoa pode esperar apresentar provas, como documentos do empregador em potencial, diplomas obtidos em instituições credíveis de ensino superior, tempo de permanência previsto e resumo das obrigações do trabalho. Se o cidadão canadense estiver viajando com seu cônjuge ou dependentes, esses parentes não precisarão ter visto, mas devem comprovar sua cidadania canadense e comprovar seu parentesco com o não-imigrante TN. O cônjuge ou dependente terá que solicitar admissão em um porto de entrada nos Estados Unidos. Como todo mundo que chega à fronteira com os Estados Unidos, eles buscam admissão para entrar.

 

Visto TN para cidadãos mexicanos

Os cidadãos mexicanos que estão solicitando um visto TN também terão que provar sua cidadania mexicana, que pode ser comprovada com um passaporte válido. No entanto, o processo é diferente das etapas que os cidadãos canadenses devem seguir. Os cidadãos do México deverão agendar uma consulta com o Consulado dos Estados Unidos no México e fornecer a documentação necessária para satisfazer o funcionário consular. Cidadãos mexicanos que são cônjuges ou dependentes de um titular TN não imigrante precisarão de um visto, ao contrário dos cidadãos canadenses.

Extensão de estadia para cidadãos mexicanos e canadenses

Cidadãos mexicanos e canadenses, sob certas condições, podem solicitar uma prorrogação da estadia nos Estados Unidos. A primeira condição é que o indivíduo deve se inscrever no USCIS e pagar a taxa correta para solicitar uma extensão de estadia. Em segundo lugar, a pessoa deve estar nos Estados Unidos com o status de visto de não-imigrante TN; se a pessoa não estiver nos Estados Unidos, ela pode solicitar que o USCIS notifique o escritório doméstico de seu consular. Se a extensão do status TN for aprovada, ela pode ser aprovada por no máximo três anos.

 

Este blog de direito foi escrito por Tributação | Litígio | Imigração Escritório Coleman Jackson, PC para fins educacionais; não cria uma relação advogado-cliente entre este escritório de advocacia e seu leitor. Você deve consultar o consultor jurídico em sua área geográfica com relação a quaisquer questões jurídicas que afetem você, sua família ou empresa.

Coleman Jackson, P.C. | Escritório de advocacia especialista em direito tributário, contencioso e de imigração | Inglês (214) 599-0431 | Espanhol (214) 599-0432 | Português (214) 272-3100